Procedimentos de cirurgia robótica mais comuns: benefícios e riscos

Os procedimentos de cirurgia robótica são um campo em rápido crescimento que oferece muitos benefícios para pacientes e cirurgiões.

A tecnologia de ponta mudou a forma como muitos procedimentos cirúrgicos são realizados. Proporciona melhor precisão, reduz a perda de sangue e a dor e aumenta o tempo de recuperação. Se você está considerando um procedimento cirúrgico, é importante entender as várias opções disponíveis, incluindo os procedimentos de cirurgia robótica mais comuns.

Um dos principais benefícios dos procedimentos de cirurgia robótica é a melhor precisão que eles oferecem. O cirurgião pode operar o robô a partir de um console, o que permite maior controle e precisão na hora de realizar o procedimento. Além disso, como as incisões feitas durante a cirurgia robótica são menores, os pacientes sentem menos dor e têm um tempo de recuperação mais rápido em comparação com a cirurgia aberta tradicional.

Alguns dos procedimentos de cirurgia robótica mais comuns incluem prostatectomia, histerectomia, cirurgia gastrointestinal, cirurgia cardíaca e cirurgia colorretal. Esses procedimentos são realizados usando um sistema cirúrgico assistido por robô, o que proporciona ao cirurgião uma melhor visualização do local cirúrgico.

Neste artigo, veremos mais de perto o que é a cirurgia robótica, os benefícios que ela oferece e alguns dos procedimentos mais comuns realizados com essa tecnologia. Se você está considerando uma prostatectomia, histerectomia, cirurgia cardíaca ou cirurgia colorretal, entender as opções e os benefícios da cirurgia robótica pode ajudá-lo a tomar uma decisão informada.

O que é Cirurgia Robótica:

A cirurgia robótica é uma espécie de cirurgia minimamente invasiva que utiliza um dispositivo robótico para executar a cirurgia. A tecnologia é controlada por um cirurgião a partir de um console ao lado do paciente, enquanto os braços do robô manuseiam os equipamentos cirúrgicos. Quando comparado à cirurgia tradicional, permite mais precisão e destreza.

A cirurgia robótica é empregada em uma variedade de tratamentos, incluindo procedimentos ginecológicos, urológicos e gastrointestinais. Prostatectomia, histerectomia, cirurgia cardíaca e cirurgia colorretal são algumas das cirurgias mais prevalentes.

A cirurgia robótica pode ser usada com procedimentos cirúrgicos convencionais, como a laparoscopia. Em comparação com as abordagens cirúrgicas tradicionais, a robótica na cirurgia oferece vantagens como menor perda de sangue, menos desconforto e um período de recuperação mais rápido.

Relacionado: Melhor cirurgia de redução de mandíbula 2022

Vantagens da Cirurgia Robótica

Existem várias vantagens da cirurgia robótica, algumas delas são as seguintes:

Precisão aprimorada

O aumento da precisão é um dos benefícios mais significativos da cirurgia robótica. Movimentos de precisão são possíveis com o sistema robótico que seriam impossíveis com abordagens cirúrgicas tradicionais. Os braços do robô podem girar 360 graus, dando ao cirurgião maior destreza e flexibilidade. Além disso, o cirurgião pode controlar os instrumentos com precisão milimétrica, diminuindo a chance de dano tecidual.

Redução da perda de sangue e desconforto

Quando comparada às abordagens cirúrgicas tradicionais, a cirurgia robótica oferece a vantagem de diminuir a perda de sangue e a dor. As pequenas incisões utilizadas na cirurgia robótica causam menos danos ao tecido circundante, resultando em menor perda de sangue durante o processo. Além disso, o uso da robótica permite movimentos precisos e reduz o risco de lesão tecidual, resultando em menos dor pós-operatória para o paciente.

Tempo de recuperação mais rápido

Tempo de recuperação mais rápido Isso se deve à natureza menos invasiva do procedimento e às pequenas incisões necessárias. Os pacientes podem se levantar e andar mais rapidamente, o que ajuda a diminuir o risco de problemas como coágulos sanguíneos e pneumonia. Além disso, as incisões menores e menos dano tecidual significam menos dor e edema, permitindo um retorno mais rápido às atividades normais.

Procedimentos de cirurgia robótica mais comuns

Aqui estão alguns dos procedimentos de cirurgia robótica mais comuns disponíveis.

Prostatectomia:

A prostatectomia é a remoção da próstata e é um dos procedimentos mais comuns realizados por meio de cirurgia robótica. O procedimento é usado para tratar condições como câncer de próstata, hiperplasia prostática benigna (BPH) e prostatite. A prostatectomia robótica permite a remoção precisa da próstata, minimizando o risco de danos aos tecidos circundantes, como a bexiga e o reto. Isso resulta em menor perda de sangue, menos dor e um tempo de recuperação mais rápido em comparação com as técnicas cirúrgicas tradicionais.

Veja também: O que o seguro cobre a cirurgia estética

Histerectomia

A histerectomia é a remoção cirúrgica do útero e é comumente realizada por meio de cirurgia robótica. O procedimento é usado para tratar condições como miomas uterinos, endometriose e prolapso uterino. A histerectomia robótica permite a remoção precisa do útero, reduzindo o risco de danos aos tecidos e vasos sanguíneos circundantes. Isso resulta em menor perda de sangue, menos dor e um tempo de recuperação mais rápido em comparação com as técnicas tradicionais.

Cirurgia Gastrointestinal

A cirurgia robótica também pode ser usada para procedimentos gastrointestinais, como cirurgia colorretal e gastrectomia (remoção do estômago). O uso da robótica nesses procedimentos permite uma melhor visualização e acesso ao sítio cirúrgico, levando a melhores resultados e redução do risco de complicações.

Cirurgia cardíaca

A cirurgia robótica também está sendo cada vez mais utilizada no campo da cirurgia cardiotorácica. Procedimentos como plastia da valva mitral e ablação da fibrilação atrial podem ser realizados por meio da robótica, proporcionando ao cirurgião maior precisão e melhor visualização do sítio cirúrgico.

Cirurgia Colorretal

A cirurgia colorretal robótica melhora a visão e o acesso ao local cirúrgico, diminuindo o risco de problemas como sangramento, danos aos tecidos adjacentes e necessidade de colostomia. Esta cirurgia é frequentemente usada para tratar problemas como câncer de cólon, diverticulite e doença inflamatória intestinal.

Hospitais que oferecem procedimentos de cirurgia robótica

Aqui estão alguns hospitais que oferecem procedimentos de cirurgia robótica.

Hospital Universitário George Washington

Hospital GW, localizado na George Washington University, foi o primeiro na área a fornecer aos pacientes o sistema cirúrgico da Vinci de última geração para procedimentos de cirurgia robótica. Hoje, possui um dos maiores programas robóticos torácicos do mundo e um eficaz programa robótico de câncer de próstata na região.

O Sistema Cirúrgico da Vinci possui uma precisão notável, incluindo recursos de rotação e ampliação 3D, permitindo que os cirurgiões operem em espaços apertados dentro do corpo. Utilizando instrumentos especializados, essa tecnologia proporciona maior destreza e precisão no tratamento dos pacientes.

Em 2017, o hospital expandiu suas ofertas robóticas para incorporar o inovador Medrobotics Flex Robotic System. Ao contrário dos instrumentos tradicionais retos e rígidos, o robô MedFlex tem um design flexível que pode dobrar e navegar pelos contornos do corpo através de aberturas naturais.

Como o sexto hospital nos EUA a adquirir este robô, o GW Hospital fez história ao realizar a primeira cirurgia colorretal do mundo usando o robô MedFlex.

Atualmente, o sistema permite que os cirurgiões acessem áreas de difícil acesso por meio da boca e do ânus. No GW Hospital, o robô está sendo utilizado para cirurgia de cabeça e pescoço e procedimentos colorretais.

Endereço: 900 23rd St NW, Washington, DC 20037, Estados Unidos

Telefone: +1 202-715-4000

Saúde da UC Davis

Os cirurgiões da UC Davis Health ganharam reputação nos Estados Unidos por seu trabalho pioneiro em robótica, a forma mais avançada de tecnologia cirúrgica minimamente invasiva. O centro de saúde oferece cirurgia assistida por robótica em diversas especialidades, como gastrointestinal, cardiotorácica, oncologia ginecológica, otorrinolaringologia de cabeça e pescoço e cirurgia urológica.

Cada procedimento é realizado por uma equipe de cirurgiões, enfermeiros e técnicos especializados que receberam treinamento especializado no uso de sistemas cirúrgicos robóticos.

Relacionado: Cirurgia estética Prós e contras; melhor atualização de 

Como é realizada a cirurgia robótica

Existem etapas de como os procedimentos de cirurgia robótica são realizados

Preparação para Cirurgia

Antes de se submeter a um procedimento de cirurgia robótica, o paciente passará por uma avaliação médica completa para garantir que seja um bom candidato para o procedimento. O paciente também receberá instruções sobre como se preparar para a cirurgia, incluindo jejum e interrupção de certos medicamentos.

Procedimento Cirúrgico

O paciente é colocado sob anestesia geral durante o procedimento. O cirurgião opera o robô a partir de um console localizado próximo ao paciente, enquanto os braços do robô manipulam os instrumentos cirúrgicos. O cirurgião faz pequenas incisões no corpo do paciente, por onde são inseridos os instrumentos do robô. O cirurgião controla os movimentos dos instrumentos através do console, permitindo uma cirurgia precisa e minimamente invasiva.

Depois da cirurgia

O paciente é observado na sala de recuperação após o procedimento e, em seguida, transportado para um quarto de hospital. O paciente pode sentir algum desconforto e inchaço perto do local da incisão, mas a medicação para dor pode ajudar. Além disso, o paciente receberá instruções sobre como cuidar do local da incisão e quando retornar ao cirurgião.

A maioria dos pacientes pode retomar as atividades normais dentro de algumas semanas após a cirurgia, enquanto o período de recuperação real depende do tipo de procedimento realizado e do paciente em particular.

Os pacientes também devem seguir cuidadosamente todas as instruções pré-operatórias e monitorar o local da incisão quanto a quaisquer sinais de complicações. Ao seguir essas etapas, os pacientes podem ajudar a garantir um resultado bem-sucedido de seu procedimento de cirurgia robótica.

Riscos e Complicações da Cirurgia Robótica

Como em qualquer procedimento cirúrgico, existem riscos e possíveis complicações associadas à cirurgia robótica. Alguns dos riscos mais comuns incluem infecção, sangramento, lesões nas estruturas circundantes e reação à anestesia. Em casos raros, também pode haver problemas com o próprio sistema robótico, como mau funcionamento ou falha do equipamento.

Precauções para reduzir os riscos:

Para reduzir o risco de complicações e garantir um resultado bem-sucedido, é importante escolher um cirurgião altamente experiente e com histórico comprovado na realização do tipo de procedimento que você precisa. Os pacientes também devem informar seus cirurgiões sobre quaisquer condições médicas ou alergias e seguir todas as instruções pré-operatórias cuidadosamente.

Além disso, os pacientes devem monitorar de perto o local da incisão quanto a quaisquer sinais de infecção e relatar quaisquer sintomas incomuns ao cirurgião imediatamente. Ao tomar essas precauções e trabalhar em estreita colaboração com seu cirurgião, os pacientes podem ajudar a reduzir o risco de complicações e garantir um resultado bem-sucedido de seu procedimento de cirurgia robótica.

Conclusão

Para resumir, os procedimentos de cirurgia robótica são uma disciplina emergente que oferece inúmeras vantagens para pacientes e médicos. Para obter o melhor resultado, como em qualquer tratamento cirúrgico, é melhor avaliar minuciosamente os riscos e vantagens e selecionar um cirurgião altamente competente.

Escolhas do editor

Melhores empresas de dispositivos médicos em Utah

Maiores empresas de tecnologia de saúde

 

 

um comentário

Deixe um comentário